Redigir com clareza

9. Fuja dos falsos amigos e evite o jargão e as siglas

Fuja dos falsos amigos e evite o jargão e as siglas

Fuja dos falsos amig. Os falsos amigos ou falsos cognatos são pares de palavras de línguas diferentes que têm uma estrutura externa muito semelhante ou equivalente mas cujo signifi cado é completamente diferente.

Não é de estranhar que num ambiente multilingue como o da Comissão Europeia misturemos e confundamos palavras de várias línguas. As interferências do francês e do inglês são muito frequentes. Por exemplo, o verbo «to control» em inglês é usualmente utilizado na aceção de «ter sob controlo/dominar» ou «limitar/conter» ao passo que, em português, é frequente utilizar o verbo «controlar» na aceção de «conferir, verifi car». O uso da palavra errada pode fazer com que os leitores se sintam marginalizados e dar às instituições comunitárias a imagem de uma torre de marfi m, alheia ao mundo real. Na pior das hipóteses, pode gerar equívocos e incidentes diplomáticos (por exemplo, quando se tenciona apenas afi rmar que o Luxemburgo é um país pequeno mas se escreve que «o Luxemburgo não é um país importante»).

Eis alguns exemplos de falsos amigos que muito facilmente podem criar mal-entendidos nos textos da Comissão:

Termo original Falso amigo Por que razão está errado? Qual é o termo correto?
actual (EN) antecipar «antecipar» signifi ca «fazer acontecer antes da data marcada, adiantar» esperar, prever, antever
capitalize on (EN) capitalizar «capitalizar» signifi ca «acumular para formar um capital, converter, transformar em capital» tirar partido de
complete (EN) completar «completar» signifi ca «preencher» concluir
consistent (EN) consistente «consistente» signifi ca «que tem consistência, fi rme, sólido» coerente
elaborate (vb. EN) elaborar «elaborar» signifi ca «preparar, produzir, conceber, realizar» acrescentar informação, esclarecer o signifi cado
eventually (EN) eventualmente «eventualmente» signifi ca «possivelmente, casualmente» por fi m, fi nalmente, em última análise
ganancia (ES) ganância «ganância» signifi ca «ambição desmedida, usura» lucros, ganho
ideally (EN) idealmente «idealmente» signifi ca «de uma forma total e completamente perfeita» na melhor das hipóteses
idiom (EN) idioma «idioma» signifi ca «língua» expressão idiomática
important (FR) importante «importante» está correto se utilizado na aceção de «digno de consideração, aquilo que mais interessa», mas não com o sentido de > > grande, avultado, considerável
inversión (ES) inversão «inversão» signifi ca «mudança em sentido contrário» investimento
manutention (FR) manutenção «manutenção» signifi ca «ato ou efeito de manter, conservação» movimentação
minor (EN) menor «menor» signifi ca «mais pequeno» secundário, de somenos importância


Evite ou explique o jargão

O jargão é vocabulário usado por um grupo de pessoas que trabalham na mesma área, especialistas ou grupos profi ssionais para comunicarem entre si, sendo o seu emprego aceitável em documentos que lhes são exclusivamente destinados.

Para perceber o jargão, as restantes pessoas (nomeadamente, o grande público) têm de fazer um esforço desnecessário e desagradável. Alguns leitores podem até desistir da leitura — por isso, assegure-se de que os documentos que devem ser lidos pelo público em geral têm uma linguagem desprovida de jargão.

Caso TENHA de recorrer ao jargão em documentos destinados ao grande público, comece por explicar o seu signifi cado, ou inclua um glossário, uma ligação ou uma remissão para um dos sítios web indicados nesta página.

Esta lista, que não é exaustiva, contém diversos termos comummente utilizados nas instituições da União Europeia.

Termo de jargão Sugestão de defi nição
país em vias de adesão país prestes a tornar-se membro da União Europeia
acervo (comunitário) conjunto da legislação, dos Tratados, das declarações e resoluções e de outros acordos celebrados pela União, mais a jurisprudência do Tribunal de Justiça
país candidato país cuja candidatura à União Europeia está em fase de negociação
coesão (política de) esforços que visam reduzir as disparidades sociais e económicas no âmbito da União Europeia
comitologia procedimento que descreve a obrigação de a Comissão consultar comités de peritos
método comunitário método habitual de tomada de decisão da União Europeia, que envolve a Comissão, o Conselho e o Parlamento
alargamento aumento do número de membros da União Europeia
integração tomada em consideração de todas as políticas comunitárias
proporcionalidade princípio segundo o qual a ação de uma administração pública se deve limitar ao que é necessário para atingir os objetivos visados
subsidiariedade princípio segundo o qual as decisões são tomadas, sempre que possível, a nível dos governos nacionais, ou seja, a um nível tão próximo quanto possível dos cidadãos


Cuidado com as siglas

Uma utilização excessiva de siglas pode tornar um documento incompreensível e ter um efeito soporífero: (FEDER + FEOGA + PAC = ZZZ).

Caso o signifi cado de uma sigla possa não ser claro para o leitor, há que:
  • escrever o seu signifi cado por extenso se surgir apenas uma ou duas vezes no documento; ou
  • escrever o seu signifi cado por extenso na primeira ocorrência, juntando a respetiva sigla entre parênteses, e seguidamente usar a sigla no resto do texto; e/ou
  • incluir uma lista de siglas ou uma hiperligação que esclareça o seu signifi cado.

Como sempre, considere primeiro aquilo que os seus leitores pretendem:
  • Alguns leitores fi carão irritados se lhes explicarem as siglas mais conhecidas.
  • Escrever «titular da autorização de introdução no mercado» a cada duas linhas em vez de «titular da AIM» tornará o documento muito mais extenso.
Lembre-se de que as siglas e os acrónimos podem ter signifi cados diferentes consoante o seu contexto.

Por exemplo:
CAP signifi ca Confederação dos Agricultores de Portugal

Centro de Atendimento Permanen

contrato administrativo de provimento

Conselho de Administração Paritário

Conselho da Ásia e do Pacífi co

catiões ácidos permutáveis

compra antecipada da produção

entre muitas outras possibilidades.


Base terminológica da União Europeia IATE: http://iate.europa.eu


© União Europeia, 2013

Study in Poland
Privacy Policy